terça-feira, 14 de agosto de 2018

Nova versão beta - 1.23.1 - iniciando a transição do Qt 4 para o Qt 5

Caros usuários do SciDAVis e de softwares similares,

Foi lançada uma nova versão beta do SciDAVis, numerada como 1.23.1. Este lançamento marca o início da transição na utilização das bibliotecas Qt da versão 4 para a 5. É apenas o primeiro passo para a implementação do Qt5, substituindo a API obsoleta do Qt4 (Qt3) por uma API equivalente do Qt5 que também existe no Qt4.

Os links para download são os que seguem:
Linux (binários via OBS para várias distribuições): https://software.opensuse.org/download.html?project=home%3Ahpcoder1&package=scidavis
Código fonte:



Esta versão beta (1.23.1) ainda é compilada utilizando as bibliotecas Qt4. Logo, a compilação segue o mesmo processo da versão anterior (1.23).

Em um primeiro teste aqui (Slackware 14.2), compilou sem erros e está rodando sem problemas 😀

Repetindo o que eu disse nos posts anteriores sobre versões beta do SciDAVis:
Por favor, se possível testem e reportem os problemas em:
Também é possível relatar na lista de discussão de usuários no SourceForge.net (é necessário se cadastrar no SF):
ou na lista de e-mails dos usuários (precisa se inscrever):
Como nas opções 1 a 3 o idioma padrão é o inglês, quem não dominar este idioma pode relatar os problemas que encontrar para mim no e-mail: fellypaoøyahoo·com·br (não esqueça de trocar ø por @ e · por .).
Toda ajuda é bem vinda, e a recompensa será um SciDAVis mais moderno, com menos problemas e com maior longevidade.
Boas análises de dados e até mais!

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Lançada a versão 1.23

Boa notícia: no dia 04/06/2018 foi lançada a versão 1.23 do SciDAVis. Já estão disponíveis pacotes binários para Linux, Windows e Mac - e também o código fonte, é claro.
Esta é basicamente uma versão para correções de problemas. Porém, vale destacar as seguintes modificações:
  • Adição de suporte ao Python 3 ¹ ²;
  • Remoção de código legado de suporte à biblioteca Qt versão 3;
  • Melhorada a importação de arquivos do Origin.
¹ O binário para Windows ainda não está suportando Python. O suporte ao Python 3 no Linux vai depender da distribuição.
² As instruções de compilação com suporte ao Python são as que seguem:
- Para compilar com suporte à versão 2 (2.7) use:
export PYTHON=python2
qmake CONFIG+=python
make

- Já para compilar com suporte à versão 3 (3.6) utilize:
export PYTHON=python3
qmake CONFIG+=python
make

Se nenhuma opção for configurada, o SciDAVis será compilado com a versão do Python que for padrão no sistema.

Links para Downloads:
Linux (binários via OBS para várias distribuições): https://software.opensuse.org/download.html?project=home%3Ahpcoder1&package=scidavis
Binários para Windows (.msi) e Mac (.pkg), e o código fonte: https://sourceforge.net/projects/scidavis/files/SciDAVis/1.23/

Usuários de Slackware terão o build script para a versão 1.23 no repositório do projeto SlackBuilds.org disponível a partir do próximo final de semana (provavelmente).

Boas análises de dados e até mais!

terça-feira, 8 de maio de 2018

Nova versão beta (1.22.2) agora com suporte ao Python 3

Caros usuários do SciDAVis e de softwares similares,

Foi lançada uma nova versão beta do SciDAVis, numerada como 1.22.2. A principal novidade nesta versão é o suporte à versão 3 do Python (3.6, para ser mais exato).
Infelizmente, usuários do Windows ainda não podem usufruir das vantagens de se utilizar scripts em Python no SciDAVis. Esta função está desabilitada desde versões posteriores à 1.D8. Talvez na próxima versão "não-beta" isto seja reabilitado. Talvez...

Os links para download são os que seguem:
Linux (binários via OBS para várias distribuições): https://software.opensuse.org/download.html?project=home%3Ahpcoder1&package=scidavis
 
Código fonte:
Novas instruções de compilação com suporte a Python:

- Para compilar com suporte à versão 2 (2.7) use:
export PYTHON=python2
qmake CONFIG+=python
make
 
- Já para compilar com suporte à versão 3 (3.6) utilize:
export PYTHON=python3
qmake CONFIG+=python
make
 
Ainda não fiz nenhum teste. Logo não sei se as instruções acima podem variar de uma distribuição para outra. Qualquer coisa eu faço um novo post elucidando o caso.
 
Repetindo o que eu disse no post anterior:
Por favor, se possível testem e reportem os problemas em um dos dois canais para relatos de bugs:
Também é possível relatar na lista de discussão de usuários no SourceForge.net (é necessário se cadastrar no SF):
ou na lista de e-mails dos usuários (precisa se inscrever):
Como nas opções 1 a 4 o idioma padrão é o inglês, quem não dominar este idioma pode relatar os problemas que encontrar para mim no e-mail: fellypaoøyahoo·com·br (não esqueça de trocar ø por @ e · por .).
Toda ajuda é bem vinda, e a recompensa será um SciDAVis mais moderno, com menos problemas e com maior longevidade.
 
Boas análises e até mais!

terça-feira, 24 de abril de 2018

SciDAVis: modificações profundas - versão beta (1.22.1) para testes

Caros usuários do SciDAVis e de softwares similares,

Recentemente um dos contribuidores do projeto, Miquel Garriga (gbm19) fez um grande esforço para remover a dependência de bibliotecas obsoletas do Qt3 que o SciDAVis tinha. Para garantir que tudo esteja em ordem devido à remoção do código que continha referências à Qt3, será necessário realizar o maior número possível de testes com o SciDAVis. Por este motivo, foi lançada uma versão beta, numerada como 1.22.1, disponível para Linux, Windows e Mac, além do código fonte, é claro.

Os links para download são os que seguem:
Linux (binários via OBS para várias distribuições): https://software.opensuse.org/download.html?project=home%3Ahpcoder1&package=scidavis

Código fonte:

Por favor, se possível testem e reportem os problemas em um dos dois canais para relatos de bugs:

Também é possível relatar na lista de discussão de usuários no SourceForge.net (é necessário se cadastrar no SF):

ou na lista de e-mails dos usuários (precisa se inscrever):

Como nas opções 1 a 4 o idioma padrão é o inglês, quem não dominar este idioma pode relatar os problemas que encontrar para mim no e-mail: fellypaoøyahoo·com·br (não esqueça de trocar ø por @ e · por .).

Toda ajuda é bem vinda, e a recompensa será um SciDAVis mais moderno, com menos problemas e com maior longevidade.

A remoção do código legado em Qt3 é apenas uma das grandes modificações planejadas para o SciDAVis. Além deste, os próximos desafios são:
  • portar o código Qwt da versão 5 para a 6;
  • portar o código Qt da versão 4 para a 5;
  • trocar PyQt para algo tão útil quanto, mas com implementação mais simples;
  • atualizar o código python para a versão 3 (atualmente a versão suportada é a 2).
Sim, são muitas mudanças planejadas (requeridas, na verdade). Muito trabalho a ser feito. Se a base de usuários continuar crescendo, é possível que mais desenvolvedores sejam atraídos para o projeto. Com mais desenvolvedores, melhor o software tende a ficar, atraindo mais usuários. Ou seja uma coisa leva a outra e vice-versa 😀

Até breve!

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Novo recurso: curva da integral adicionada a gráficos

Eu havia esquecido de comentar sobre um novo recurso adicionado ao SciDAVis na versão 1.22 (1.D22 para Debian-like distros): agora a curva da integral de uma função ou conjunto de dados é adicionada ao gráfico quando calculamos a integral via menu AnáliseIntegrar...
A figura 1 a seguir mostra um exemplo da integral de uma curva do tipo f1(x) = x, cuja resultante é uma curva do tipo f2(x) = x²/2.

Figura 1: Gráficos de f1(x) = x e da curva resultante da integral de f1

Além da curva resultante da integração, o SciDAVis gera uma tabela com os dados numéricos da mesma. Vale lembrar que a integração é numérica, não analítica.
O valor da área sob a curva continua sendo mostrado no Registro de resultados, juntamente com os parâmetros utilizados na integração.
A figura 2 mostra a tabela  citada acima e o registro de resultados.

Figura 2: Tabela com dados numéricos da integração e registro de resultados

Este recurso é muito bem vindo. Porém, por se tratar de algo adicionado a pouco tempo, faça vários testes antes de confiar nos valores numéricos apresentados.

Até a próxima.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

SciDAVis atualizado para versão 1.22

Uma nova atualização do SciDAVis, a versão 1.22 (ou 1.D22 para distribuições Linux baseadas no Debian), está disponível. Esta versão é para corrigir bugs e (agora sim) incluir uma nova função: modificar, via python script, os eixos aos quais uma curva está anexada (veja detalhes em: [1] e [2]).
Downloads de binários para Windows e Mac, assim como o código fonte, estão em seu lugar usual: https://sourceforge.net/projects/scidavis/files/SciDAVis/1.22/
Pacotes binários para algumas distribuições Linux podem ser encontrados nos seus respectivos repositórios (oficiais ou de terceiros) ou em https://software.opensuse.org//download.html?project=home%3Ahpcoder1&package=scidavis
Usuários de Slackware terão o build script para a versão 1.22 no repositório do projeto SlackBuilds.org disponível a partir do próximo final de semana. A partir desta versão do SciDAVis, decidi não fazer mais o upload dos pacotes para Slackware para o meu site "SciDAVis: Slackware packages", pois isto toma um certo tempo e, com as facilidades do projeto SlackBuilds.org, usuários desta distro são plenamente capazes de compilar seus próprios pacotes (se eu sou, outros também devem ser 😀).
Até mais.


quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Lançada a versão 1.21 - para Linux, Windows e Mac

Boa notícia: foi lançada hoje (9/8/2017) a versão 1.21 (ou 1.D21, para pacotes .deb) do SciDAVis. O código fonte e os binários para Mac e Windows podem ser baixados de [1]. Já os binários para algumas distribuições Linux podem ser encontrados a partir de [2]. Para os usuários de Slackware, o build script no site SlackBuilds.org deverá estar disponível a partir do próximo final de semana e os binários estarão em [3]. Para outras distribuições Linux, será necessário esperar até que o SciDAVis seja atualizado em seus respectivos repositórios (oficiais ou de terceiros).

Esta versão foi lançada para corrigir alguns bugs, mas também foi implementada uma nova característica que permite modificar, via python script, os eixos aos quais uma curva está anexada [4].
ERRATA (10/9/2017-10:39{GMT-3}): a nova característica mencionada acima foi adicionada ao SciDAVis depois de lançada a versão 1.21.

Até mais.


quinta-feira, 27 de julho de 2017

Dica: Use a dupla SciDAVis + python para carregamento dinâmico de dados

A ideia desta dica surgiu a partir de uma pergunta feita no repositório do SciDAVis no GitHub [1].
English version is after the links.

A questão foi a seguinte: é possível utilizar o SciDAVis para carregar dados dinamicamente em uma tabela, em determinados intervalos de tempo, e atualizá-los em um gráfico?
E a resposta é simples: sim, através de scripts em python no SciDAVis. Porém, infelizmente, só é possível utilizar scripts em python no SciDAVis nas versões disponíveis para Linux (ao menos na maioria das distribuições) e Mac, ou em versões antigas para Windows (≤ 1.D5), conforme já foi noticiado neste blog [2].
Então, para os felizes usuários de Linux e Mac que tem o suporte a scripts em python habilitado, segue um script com um exemplo de como carregar dados de forma dinâmica no SciDAVis, de modo que eles sejam importados para uma tabela e atualizados em um gráfico:
import time
import os
t=newTable("DynamicTable") #Tabela onde os dados serão importados
file="/home/fellype/file.dat" #Caminho para o arquivo com os dados
modTime0=os.path.getmtime(file) # *Obs1
mod="True"
n=1 #
*Obs2
while (mod == "True"):
 t.importASCII(file," ",0,False,False,True,False) # *Obs3
 if (n == 1):
  g=plot(t,"2",0) # Plotando os dados da coluna 2 da tabela t
 time.sleep(20) #
*Obs4
 modTime=os.path.getmtime(file)
 if (modTime == modTime0):
  mod="False"
 else:
  modTime0=os.path.getmtime(file)
  n=2

Com o script acima, se o arquivo "/home/fellype/file.dat" for modificado dentro de um intervalo de 20 segundos, os dados na tabela "DynamicTable" serão atualizados, assim como o gráfico "g".
*Obs1: Obtém dados de quando o arquivo foi modificado pela última vez.
*Obs2: Usado para impedir que um novo gráfico seja criado a cada vez que o arquivo de dados for modificado.*Obs3: A sintaxe da função importASCII é: importASCII(file,"separador de colunas", ignore=0, renameCols=False, stripSpaces=False, simplifySpace=True, newTable=False). Consulte o manual [3] para mais informações sobre o uso de python no SciDAVis.*Obs4: A unidade de tempo na função time.sleep() é em segundos. Faça as contas para converter em minutos, horas, etc..., conforme a sua necessidade.

Uma desvantagem de utilizar a função time.sleep() é que o seu projeto no SciDAVis ficará paralisado durante o intervalo de tempo que for determinado na função. Logo, se você quiser fazer outras coisas no SciDAVis enquanto o script é executado, terá que abrir outra janela e criar outro projeto.
Como não sou um expert no uso de python, acredito que este script possa ser melhorado. Logo, se vocês tiverem sugestões, fiquem à vontade para incrementá-lo e compartilhar com outros usuários.
Até mais.

Links:
[1] https://github.com/highperformancecoder/scidavis/issues/46
[2] http://scidavisbr.blogspot.com.br/2015/12/atualizacao-disponivel-scidavis-1d9.html
[3] https://highperformancecoder.github.io/scidavis-handbook/

________________________________________________________________________

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Nova versão: 1.18 - para Linux e Mac, até o momento

Saiu mais uma atualização para o SciDAVis - a versão 1.18. O código fonte e o instalador para Mac estão disponíveis em:

Já os pacotes para algumas distribuições Linux podem ser encontrados em:
bastando seguir as instruções para instalar de acordo com a sua distribuição.

A atualização para Slackware no site SlackBuilds.org deverá estar disponível a partir do próximo final de semana. Veja a versão atual disponível no SlackBuilds.org em:

Para outras distribuições Linux, será necessário esperar até que o SciDAVis seja atualizado em seus respectivos repositórios (oficiais ou de terceiros).

Postarei aqui quando a versão para Windows for lançada.

Até mais.